Por Que a Google Representa uma Séria Ameaça para a Democracia e Como Dar Fim a Essa Ameaça?

Controle Mental, Sintonização Subliminar e a Patente 5159703

Autor: Jeremy James, Irlanda, 11/9/2020.

Para fazer sentido do estranho poder que os controladores da Nova Ordem Mundial estão exercendo sobre a maior parte da humanidade, precisamos compreender um fenômeno conhecido como sintonização subliminar (NT: no original, subliminal entrainment).

A maioria de nós já encontrou isto em sua vida diária, mas não percebeu que ela tinha um nome tão interessante. Por exemplo, podemos ter um sonho que chega a um clímax quando uma campainha toca em nosso sonho. Nós então acordamos em nosso leito e ouvimos a campainha real de nossa casa soar. Aqui, o que acontece é que estamos em sintonia subconscientemente (ou subliminarmente) com um evento que estava ocorrendo fora do nosso sonho. Este é um dos muitos modos como nossa mente pode responder e se acomodar a um estímulo exterior.

Controle Mental

O controle mental é qualquer procedimento que interfere com nossa liberdade de pensamento. Ele pode ser tão simples quanto um anúncio comercial na televisão. Toda forma de educação treina nossa mente, mas ela cruza a linha para o controle mental quando o currículo é desenvolvido por pessoas que detestam nosso modo de vida e desejam modificar nosso comportamento sem nosso conhecimento.

As técnicas de controle mental exploram nossa tendência mental natural para vincular eventos (ou ideias, ou coisas) que não têm nada em comum. Elas armam uma conexão sutil em nossa mente entre os dois eventos de tal modo que, quando um ocorrer, esperamos que o outro também ocorra. Mesmo se não estivermos cientes dessas conexões, elas podem ter um efeito duradouro sobre o modo como nos comportamos.

Todos estamos familiarizados com o modo como uma determinada canção ou um música pode evocar uma memória especial da infância. Ela dispara tanto a imagem quanto a experiência emocional. Não precisamos ativar a conexão. Assim que ouvimos a música, nossa mente aciona automaticamente a memória e suas associações emocionais.

Entretanto, imagine se tivéssemos a mesma resposta emocional à mesma peça musical, mas desta vez não tivéssemos uma memória consciente de como a conexão foi feita. Isto provavelmente acontece muito para nós, mas como não podemos nos lembrar de tudo, aceitamos isso como normal, como parte de quem somos.

Não há nada de incomum com tudo isto. Entretanto — e isto é importante — o mesmo fenômeno mental pode ser explorado por meio de um método de sintonização deliberada, que pode estabelecer uma ou mais dessas conexões sem nosso conhecimento ou consentimento.

Sintonização Via Programação Subliminar

A sintonização é algumas vezes chamada de programação subliminar. Ela difere do método que Pavlov usou para treinar seus cães, pois os animais estavam conscientes do estímulo (tocar o sino) que acompanhava a apresentação da comida.

Obteremos uma melhor ideia de como a sintonização funciona a partir da seguinte patente:

A patente em questão (5159703) foi aprovada pelo Escritório de Patentes dos EUA em 27/10/1992. Sob o título Silent Subliminal Presentation System (SSPS, de Sistema de Apresentação Subliminar Silencioso), ela apresenta um método de “comunicação” que depende do fato que nosso cérebro é capaz de detectar vibrações acústicas (sons!) que estão além do nosso intervalo normal de audição. Embora a frequência desses sons seja alta demais para ser “audível” (acima de 14.500 Hertz), nosso cérebro é capaz de detectá-los e interpretar o conteúdo deles. Isto é como se ele pudesse detectar o som feito pelo apito “silencioso” para os cachorros, mas não dê o próximo passo de enviar o sinal para a parte do nosso cérebro que converteria aquilo para uma experiência audível.

O SPSS pega esta parte nonaural (conscientemente inaudível) da frequência de áudio e a codifica com uma mensagem, ou “inteligência desejada”, conforme declarado na Ementa da Patente:

“[O SSPS é um] sistema silencioso de comunicações em que portadoras nonaurais, no intervalo de frequência de áudio muito baixa ou muito alta, ou no espectro de frequência ultrassônica adjacente, são moduladas em amplitude ou em frequência com a inteligência desejada e propagadas acústica ou vibracionalmente, para indução no cérebro, tipicamente por meio do uso de alto-falantes, fones de ouvido ou transdutores piezoelétricos.”

A mensagem ou “inteligência desejada” é “induzida” no cérebro. O indivíduo contra quem o sinal de áudio é direcionado recebe a mensagem, porém não a ouve. Ele também não sabe que seu cérebro recebeu. Daí vem o título “comunicação subliminar silenciosa…” Entretanto, esse título é enganoso, pois o indivíduo não sabe que recebeu uma comunicação. Ele deveria mais adequadamente ser chamado de “invasão subliminar silenciosa”.

Invadindo a Mente Humana Remotamente

O Escritório de Patentes dos EUA aprovou uma patente para permitir que a mente de uma pessoa seja invadida e uma mensagem de qualquer tipo seja implantada — tudo sem o conhecimento dela. É duvidoso se o Escritório de Patentes dos EUA aprovaria software para invadir computadores das empresas, mas aprovou um dispositivo para invadir as mentes das pessoas. A razão por que a Elite quer patentear uma tecnologia potencialmente perigosa e seus dispositivos relacionados é evitar que qualquer outra pessoa possa usá-los.

Aqui está como o requerimento da Patente tenta justificar a aprovação desses tipos de dispositivos:

“O aprendizado subliminar é amplamente usado hoje e fitas subliminares estão sendo fabricados por diversas companhias nos EUA. Várias décadas de estudo científico indicam que as mensagens subliminares podem influenciar as atitudes e comportamentos de uma pessoa. Subliminar, nessas discussões, pode ser definido como ‘abaixo do limiar de audibilidade para a mente consciente’. Entretanto, para serem eficazes, as informações transmitidas subliminarmente (chamadas de afirmações por aqueles que atuam na área) precisam ser apresentadas para o ouvido do ouvinte de tal modo que possam ser percebidas e ‘decodificadas’ pela mente subconsciente dele.”

A partir do requerimento para a Patente, podemos ver que a transmissão subliminar de informações foi estudada em profundidade ao longo de várias décadas e que, como a seguinte citação confirma, muitas patentes similares foram apresentadas e técnicas foram desenvolvidas para controlar e manipular a mente do público sem detecção:

“Estamos referenciando as informações de áudio nesta discussão; entretanto, as informações poderiam ser levadas à mente subconsciente do sujeito-alvo por meio de qualquer outro dos sentidos do corpo, como o tato, olfato, visão ou audição. Como um exemplo, os primeiros trabalhos de desenvolvimento no campo subliminar utizaram figuras em movimento e projeções de slides como meio. As primeiras pesquisas nos efeitos de estimulação subliminar visual e auditiva são exemplificadas pelos Números de Patente nos EUA 3060795. de Corrigan et al., e 3278676, de Becker. A Patente Número 4395600, de Lundy e Tyler, é representativa de desenvolvimentos posteriores nas técnicas de mensagems subliminares atuais.”

O Público Não Sabe Que Está Sendo Programado Subliminarmente

Para uma ciência que é claramente sem ética, que viola nosso direito à privacidade e ao livre arbítrio, e que deixa a sociedade como um todo exposta à formas verdadeiramente sinistras de condicionamento, ela passou descaradamente sob o radar. É duvidoso se somente uma pessoa em mil esteja ciente que as grandes empresas, os poderosos e influentes na mídia e o próprio governo são capazes de exercer esse tipo de controle sobre a população.

O requerimento para a Patente confirma que a mensagem enviada por este dispositivo é claramente recebida pelo sujeito-alvo sem distorção, interferência ou atenuação, e que sua mente subconsciente pode facilmente “decodificá-la”. Portanto, ela é muito mais eficaz do que as fitas de áudio subliminar que foram amplamente comercializadas nos anos 1960s e que estavam baseadas em uma tecnologia inferior.

Esta invenção contorna totalmente a mente consciente. Como diz o requerimento da Patente: “A amplitude da saída desmodulada não é alta o suficiente para ser detectada pela mente consciente, mas é suficiente em amplitude para ser detectada pela mente subconsciente.” Isto significa que ela pode ser usada contra sujeitos-alvos incautos — melhor conhecidos como vítimas — e usados para moldar suas “atitudes e comportamentos”. Isto também pode ser utilizado sem qualquer forma de regulamentação ou controle por uma empresa comercial que seja inescrupulosa o suficiente para usá-la, seja contra indivíduos ou grupos, ou contra toda a sociedade como um todo.

Técnicas psicológicas similares, conquanto primitivas, foram usadas extensivamente nos anos 1950s para provocar o aumento do consumo nos EUA. Em seu estudo a respeito desse ataque estratégico contra as mentes do povo americano, Vance Packard revelou os resultados admiráveis alcançados pelas grandes empresas. O livro dele, The Hidden Persuaders, publicado em 1957, foi um grande sucesso de vendas. Até então, o público não tinha ideia que estava sendo manipulado desse modo ou que a manipulação era tão eficaz.

Nenhum livro similar foi lançado no mercado desde então para alertar as gerações posteriores para a existência desse tipo de tecnologia. Assim, pode-se dizer com segurança que, em 1957, o número de cidadãos americanos que compreendia o poder da persuasão oculta era muito maior do que hoje.

Packard chamou esses profissionais de “manipuladores profundos”, por que eles sabiam como identificar e explorar as fraquezas psicológicas ocultas dentro de setores da sociedade. Se eles podiam exercer esse poder em 1957 usando técnicas que, pelos padrões de hoje, são extremamente primitivas, qual tipo de controle eles estão agora exercendo, onde incontáveis afirmações, comandos, sugestões e ideias podem ser implantados diretamente nas mentes de milhões de pessoas sem o conhecimento delas?

Atividade Criminosa Praticada pelas Grandes Empresas

Precisamos reconhecer que esta atividade é criminosa. Não há outra palavra para ela. Se a Patente foi aprovada em 1992, não pode haver dúvida que esta invenção está em uso há muito tempo pelas grandes empresas, não somente para elevar o consumo, mas sintonizar as mentes de toda a população com os valores e atitudes políticas, sociais e morais que a Elite governante acredita serem necessários para implementar uma Nova Ordem Mundial.

Aqui estão apenas algumas das “mensagens” que poderiam ter sido implantadas nas mentes das pessoas ao longo de muitos anos e continuamente reforçadas via televisão, filmes do cinema, rádio, mídia social, gravações musicais, etc.:

O governo é bom… Aceite e entre em conformidade… Durma… Confie no governo… Vote a favor dos Republicanos ou dos Democratas… Obedeça ao governo… Gaste… É bom se endividar… Pague os impostos… Contemporize… Todas as religiões são iguais… O divórcio é bom… O casamento é uma prisão… A promiscuidade sexual é boa… Gaste… Durma… Aceite e entre em conformidade…. Beba mais álcool… As drogas são boas… O aborto é uma escolha da mulher… As vacinas são seguras… Uma pandemia está vindo… Faça o teste… Tome a vacina… Assista pornografia… Confie no governo… As teorias da conspiração são perigosas… O Islã radical causou os ataques de 11/9/2001… Os teóricos da conspiração não são patriotas… Nossos líderes nunca mentem… Guerra perpétua para a paz perpétua… O futuro será brilhante… O melhor ainda está por vir… A ciência solucionará todos os nossos problemas… Evite os cristãos fundamentalistas… O Socialismo é bom… O Capitalismo fracassou… A Bíblia é somente um livro… O homem precisa salvar a si mesmo… A Maçonaria é boa… E assim por diante!

Se estas mensagens, e muitas outras similares a elas, estão sendo instiladas nas mentes de nossas crianças desde o tempo que elas começam a assistir aos desenhos animados nas manhãs de sábado na televisão, o impacto sobre a sociedade será — e provavelmente já é — imenso. Podemos ver os resultados hoje, onde 320 milhões de americanos permitiram que alguns poucos políticos e médicos especialistas paralisassem a economia durante vários meses, suprimissem os direitos civis básicos deles, fechassem as igrejas, fechassem as escolas, destruíssem as pequenas empresas, suspendessem os tratamentos médicos, colocassem 59 milhões de trabalhadores no desemprego… Eles obedeceram? Eles confiaram no governo? Eles estão ansiosos para fazerem o teste? Eles acreditam que a ciência solucionará todos os problemas? Eles acreditam em mentiras absurdas por que nossos líderes nunca mentem?

As ordens e afirmações listadas acima podem ter feito alguns leitores se lembrarem do filme They Live, que foi lançado em 1988. O diretor e os roteiristas estavam tentando advertir seus compatriotas americanos do grande perigo representado pela tecnologia subversiva do controle mental. Eles também queriam mostrar que as pessoas que estão por trás dessa tecnologia são cruéis, psicopatas e altamente organizadas.

Uma Revolução em Controle Mental

A programação subliminar é em grande parte ocasional, oportunista e tática em sua natureza. A sintonização, por outro lado, é de longo prazo e estratégica, onde conjuntos de afirmações se acumulam uma sobre a outra ao longo do tempo para produzir convicções profundamente mantidas que são impérvidas à razão. Se um grande segmento da sociedade puder ser sintonizado com um conjunto de convicções, e outro sintonizado com um conjunto opositor, o resultado será o conflito social.

Podemos ver isto acontecendo nos EUA hoje. A mídia social tornou muito mais fácil alcançar esse tipo de polarização. Computadores super-rápidos tornaram possível compilar um perfil psicológico de cada um dos usuários do Facebook e do Twitter (o Facebook tem 2,7 bilhões de usuários no mundo todo). Depois que essas categorias tiverem sido determinadas, mensagens subliminares especiais, feitas sob medida, podem ser enviadas para os membros de cada categoria, visando e acentuando suas atitudes, crenças e tendências emocionais existentes. Isto somente é possível por que o conjunto de mensagens apropriadas pode ser direcionado para cada categoria. Se todos recebessem o mesmo conjunto de mensagens, o impacto seria perdido.

A categorização e criação de perfis dos usuários on-line, que estão ocorrendo há mais de 15 anos, produziu uma revolução no controle mental e programação em massa.

Doutrinação Via Sistemas de Busca

Tanto quanto eu saiba, não existem estudos publicados disponíveis, que mostrem o quanto de controle pode ser exercido por uma população usando a sintonização subliminar. Entretanto, não há dúvida que esse controle deve ser fenomenal. Podemos inferir isto a partir de estudos realizados sobre a influência exercida pela manipulação deliberada dos resultados dos sistemas de busca on-line, um método de controle mental que é muito menos disseminado e menos sofisticado do que aqueles que estamos discutindo.

O modo como os mecanismos de busca estão sendo usados para controlar o comportamento humano foi detalhado pelo Dr. Robert Epstein quando ele compareceu diante do Subcomitê Judiciário do Senado, em 16/6/2019. Um psicólogo-pesquisador-sênior junto ao Instituto Americano para Pesquisa Comportamental e Tecnologia e ex-editor-chefe de Psychology Today, o Dr. Epstein, um autodeclarado progressista, escolheu um título que chama a atenção do olhos para seu testemunho: Why Google Poses a Serious Threat to Democracy, and How to End That Threat (Por Que a Google Representa uma Séria Ameaça para a Democracia e Como Dar Fim a Essa Ameaça).

A apresentação dele foi considerada tão prejudicial pela Elite — assumindo que o público compreendeu o que ele estava dizendo — que eles o puniram severamente por sua imunidade. Seis meses depois de ter comparecido diante do subcomitê, sua linda e jovem mulher, de 29 anos, morreu em um estranho acidente na estrada quando o carro dela perdeu o controle e colidiu contra um caminhão que vinha no sentido contrário. O professor Epstein, de 66 anos, mais tarde escreveu na rede Twitter: ‘No ano passado, depois de eu ter feito um relato sucinto para um grupo de procuradores-gerais dos estados sobre o poder da #Google para manipular as eleições, um deles me disse: ‘Acho que você irá morrer em um acidente daqui a alguns meses.’. Meses mais tarde, minha linda mulher #Misti morreu de forma violenta. Isto faz qualquer um pensar.”

Ele sabia que a Elite estava se vingando por ele ter feito muitas revelações.

O Que o Dr. Epstein Revelou

 

 

 

 

 

Aqui está o que ele revelou. Ele chamou sua descoberta de Search Engine Manipulation Effect (SEME, Efeito de Manipulação do Mecanismo de Busca). Por meio de experiências cuidadosamente controladas ao longo dos próximos seis anos, os resultados do quais foram replicados pelo Instituto Max Planck, na Alemanha, ele conseguiu provar que a companhia Google apresenta resultados do mecanismo de busca em relação aos candidatos políticos que são claramente enviesados a favor de um partido. Ele estimou que SEME fez Hilary Clinton receber no mínimo 2,6 millhões de votos adicionais na eleição presidencial de 2016, votos que de outra forma teriam sido dados a Donald Trump.

O primeiro trabalho científico dele sobre SEME, publicado nos Proceedings of the National Academy of Sciences, em 2015, tinha sido baixado ou acessado mais de 200.000 vezes.

Quando iniciou sua pesquisa, ele esperava encontrar algum tipo de viés, mas ele e seus colegas ficaram pasmados pela magnitude:

“SEME é uma das formas mais poderosas de influência já descoberta nas ciências do comportamento e é especialmente perigosa por que é invisível às pessoas — ‘subliminar’, na prática. Ele deixa as pessoas pensando que tomaram suas próprias decisões, o que é em grande parte uma ilusão. Ele também não deixa trilhas no papel para as autoridades rastrearem. Pior ainda, as poucas pessoas que podem detectar viés nos resultados de busca desviam-se ainda mais na direção do viés, de modo que meramente ser capaz de ver o viés não o protege dele. Conclusão: resultados de busca enviesados podem facilmente produzir mudança nas opiniões e preferência eleitoral de eleitores indecisos em 20% ou mais — até 80% em alguns grupos demográficos.” — Depoimento Diante do Subcomitê, 16/6/2019.

Ele também descobriu que a função “autocompletar” nas sugestões de busca do Google pode converter uma divisão 50/50 entre os eleitores indecisos em uma divisão 90/10. Isto significava que a Google estava manipulando deliberadamente o comportamento do usuário desde a primeira letra que ele digitava na caixa de pesquisa.

Ele e seus colegas encontraram evidências que a Google está influenciando, se não determinando, o resultado das eleições nacionais, não somente nos EUA, mas em muitos outros países, usando esse modo invisível de manipulação. Como na maioria das eleições nacionais a disputa é muito apertada, um pequeno desvio em uma direção pode facilmente decidir o resultado.

Referindo-se ao controle extraordinário que a Google consegue exercer sobre a sociedade, o Dr. Epstein disse:

“Estamos todos bem cientes que a Google exclui ou bloqueia o acesso aos vídeos no YouTube, que é de sua propriedade, mas poucas pessoas estão cientes que a Google bloqueia o acesso à milhões de websites. Em 31/1/2009, a Google bloqueou o acesso à virtualmente toda a Internet por 40 minutos.”

Na opinião dele, o único modo de privar a Google desse poder, sem dividir a empresa, é tornar seu gigantesco banco de dados de índice acessível aos outros provedores de mecanismos de busca. Uma Internet que operasse de acordo com um sistema tão amplamente distribuído não poderia ser usado de forma subversiva para manipular a opinião pública e moldar o comportamento do público:

“Este sistema precisa ser construído para manter um olho nas grandes empresas da área de tecnologia em 2020 por que se todas essas companhias (Google, Yahoo, Bing, etc.) apoiarem o mesmo candidato — e isto é provável, desnecessário dizer — elas conseguirão trazer mais de 15 milhões de votos para aquele candidato sem ninguém saber e sem deixar um rastro em papel.”

Conclusão

As mensagens que estão sendo transmitidas subliminarmente para as mentes de bilhões de pessoas em todo o mundo são demoníacas. Elas são usadas pelo Maligno para apressar a escravização da humanidade, para reduzir a resistência das pessoas e transformá-las em servos passivos e obedientes da Elite governante.

A maior parte dos avanços tecnológicos que vimos ao longo dos últimos 50 anos ocorreu nas áreas da informática e modificação genética, ambas as quais exercem um papel central no plano de Satanás de criar uma Nova Ordem Mundial e um governo único no mundo inteiro. Os níveis mais elevados de conhecimento, especialização e engenhosidade científica estão sendo direcionados para essas duas áreas, tudo com vistas a implementar o controle mental em massa e dar ao Maligno os meios físicos para invadir nossos corpos e corromper nossos alimentos.

Quanto mais uma população cai sob a influência do controle mental, mais susceptível ela se torna aos estímulos de Satanás. O indivíduo acha cada vez mais fácil inventar boas razões para fazer coisas ruins. Os poderes das trevas penetram um pouco mais na consciência e sensibilidade de pessoas “comuns”, tornando-as cada vez mais indiferentes ao sofrimento dos outros.

Essas pessoas, um segmento muito grande da sociedade hoje, encontra seu “entretenimento” nos filmes do cinema, livros e programas na televisão que estão repletos de cenas de violência, tortura e comportamento degradante. Isso leva eventualmente para o ocultismo e para os tipos de perversão que mais agradam a Satanás.

Catherine Austin Fitts, uma experiente economista e assessora na área de finanças, achou necessário olhar mais de perto os fatos que influenciam o comportamento humano contemporâneo. Ela considerou que isto seria necessário para ela conseguir dar melhores orientações para seus clientes, quando eles escolhiam uma estratégia apropriada de investimentos. O alto grau de corrupção nos governos e a manipulação dos mercados que ela descobriu estavam sendo ainda mais complicados, ela verificou, por uma significativa queda nos padrões éticos gerais em toda a sociedade. Os clientes dela precisariam levar esses fatores em conta ao planejar para o futuro. Sendo uma mulher cristã, ela começou a ver que essa corrupção e decadência eram parte de uma guerra espiritual maior em que o controle mental, a sintonização e e a tecnologia dos computadores exerciam um papel importante. Aqui está como ela explicou isto em uma entrevista recente:

“Parte disso é uma guerra espiritual entre Deus e o Maligno. Parte dessa guerra espiritual se traduz em tecnologia da sintonização e controle da mente. Estamos assistindo a um grupo de pessoas que estão usando tecnologia muito sofisticada — com a mídia social, com a mídia digital e com os telefones inteligentes para basicamente implementar o Mal. Esta é a única forma como posso descrever isto. É muito, muito demoníaco. E você está assistindo enquanto essas forças, sejam forças espirituais [tenebrosas] ou forças de inteligência encobertas… elas estão tornando as pessoas cada vez mais incoerentes. Enquanto se tornam cada vez mais incoerentes, elas se comportam de formas inacreditáveis e se tornam literalmente possessas. Uma coisa que sempre tento transmitir para os assinantes em meus boletins, é: ‘Não tente ter uma conversa racional com alguém que está possesso, seja demonicamente ou pela sintonização ou programação. De uma forma ou de outra, elas não estão ali.” — [Catherine Austin Fitts entrevistada por Greg Hunter em USAWatchdog.com, 23/8/2020 (entre 20.00-23.00): https://www.youtube.com/watch?v=HdfYJHglBLo&t=1290s]

O conselho que ela dá aos seus assinantes me faz lembrar de uma das orientações que Cristo nos deu:

“Não deis aos cães as coisas santas, nem deiteis aos porcos as vossas pérolas, não aconteça que as pisem com os pés e, voltando-se, vos despedacem.” [Mateus 7:6].

Os cristãos que compreendem os perigos representados pela Nova Ordem Mundial e que estão ansiosos para fazer outros cristãos ou incrédulos “acordarem” estão tendo um tempo difícil. Ninguém quer ouvir que eles têm a dizer. A partir dos muitos comentários que leio on-line, bem como as experiências reportadas para mim por muitos de meus leitores, as pessoas que achamos que ouviriam com simpatia e respeito aquilo que temos a dizer frequentemente demonstram hostilidade ou falta de cortesia. Muitos já perderam amigos por causa de seus esforços em alcançá-los.

Estamos tentando fazer os outros verem e aceitarem as verdades expressas na Palavra de Deus, notavelmente as profecias nos livros de Daniel e Apocalipse. Infelizmente, podemos ir somente até certo ponto. A não ser que nossos ouvintes estejam receptivos e sinceramente abertos para o que temos a dizer, corremos o risco de lançar nossas pérolas aos porcos. Quando fazemos isso, estamos caminhando em território desconhecido. Como Jesus disse, precisamos tomar cuidado nessas situações, para que não nos tornemos um alvo.

Ao longo dos últimos anos, tenho visto um aumento expressivo na raiva e falta de interesse das pessoas que anteriormente teriam me dado sua atenção e ouviriam. Isto parece estar acontecendo no mundo inteiro. Isto pode possivelmente ser devido ao tipo de sintonização e controle mental que o Maligno está usando agora. Ele tem milhões de pessoas para considerar aqueles que expressam opiniões divergentes como extremistas, “malucos” e criadores de problemas. Até cristãos professos, que dizem crer na Palavra de Deus, estão dando aos outros cristãos uma recepção hostil se eles compartilharem essas opiniões. Alguns, pelo que sei, já foram até forçados a sair de suas igrejas.

Como cristãos nascidos de novo, precisamos estar cientes do uso amplo que o Maligno está agora fazendo da tecnologia de controle da mente. Muitas pessoas que anteriormente achávamos sensata e racionais estão sendo sintonizadas com atitudes que são hostis à verdade bíblica e que, se levadas aos extremos, podem colocá-las sob a influência demoníaca.

Em conclusão, precisamos exercer muito discernimento daqui para frente em nossos esforços evangelísticos e, em particular, observar de perto as palavras de cautela dadas por nosso Senhor em Mateus 7:6.

Fonte: http://www.zephaniah.eu/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *